quinta-feira, 11 de abril de 2013

Presença do Espírito Santo



- João 16.8-11- E, quando Ele [Espirito Santo] vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. Do pecado, porque não crêem em mim [Jesus]; Da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais; E do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado.

Pecado – temos que reconhecer nossa situação de pecador e nos consertarmos com Deus através do arrependimento.
Justiça – o não arrependimento nos coloca a mercê das consequências do pecado.
Juízo – o salário do pecado é a morte.

O Espírito Santo de Deus habitando em nós nos mostra os erros que cometemos, temos que buscar a justiça de Deus nos reconciliando através do sangue de Jesus e com isso evitarmos o juízo que recai sobre os ímpios.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

A Parábola dos Pagamentos



O amor de Deus é o mesmo para com todos nós. 


Mateus 20.1-16
PORQUE o reino dos céus é semelhante a um homem, pai de família, que saiu de madrugada a assalariar trabalhadores para a sua vinha.
E, ajustando com os trabalhadores a um dinheiro por dia, mandou-os para a sua vinha.
E, saindo perto da hora terceira, viu outros que estavam ociosos na praça,
E disse-lhes: Ide vós também para a vinha, e dar-vos-ei o que for justo. E eles foram.
Saindo outra vez, perto da hora sexta e nona, fez o mesmo.
E, saindo perto da hora undécima, encontrou outros que estavam ociosos, e perguntou-lhes: Por que estais ociosos todo o dia?
Disseram-lhe eles: Porque ninguém nos assalariou. Diz-lhes ele: Ide vós também para a vinha, e recebereis o que for justo.
E, aproximando-se a noite, diz o senhor da vinha ao seu mordomo: Chama os trabalhadores, e paga-lhes o jornal, começando pelos derradeiros, até aos primeiros.
E, chegando os que tinham ido perto da hora undécima, receberam um dinheiro cada um.
Vindo, porém, os primeiros, cuidaram que haviam de receber mais; mas do mesmo modo receberam um dinheiro cada um.
E, recebendo-o, murmuravam contra o pai de família,
Dizendo: Estes derradeiros trabalharam só uma hora, e tu os igualaste conosco, que suportamos a fadiga e a calma do dia.
Mas ele, respondendo, disse a um deles: Amigo, não te faço agravo; não ajustaste tu comigo um dinheiro?
Toma o que é teu, e retira-te; eu quero dar a este derradeiro tanto como a ti.
Ou não me é lícito fazer o que quiser do que é meu? Ou é mau o teu olho porque eu sou bom?
Assim os derradeiros serão primeiros, e os primeiros derradeiros; porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.

sábado, 16 de março de 2013

Não seja ansioso



A ansiedade sufoca a fé, não deixando que confiemos no propósito do Criador. Geramos um desgaste desnecessário sem que possa haver resultados positivos, muitas vezes estragando o plano perfeito de Deus por não alcançarmos objetivos dentro de um tempo estabelecido por nós. Temos saber que Ele é fiel e cumpre Suas promessas.

Lucas 12.22-31

E disse [Jesus] aos seus discípulos: Portanto vos digo: Não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis.
Mais é a vida do que o sustento, e o corpo mais do que as vestes.
Considerai os corvos, que nem semeiam, nem segam, nem têm despensa nem celeiro, e Deus os alimenta; quanto mais valeis vós do que as aves?
E qual de vós, sendo solícito, pode acrescentar um côvado à sua estatura?
Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?
Considerai os lírios, como eles crescem; não trabalham, nem fiam; e digo-vos que nem ainda Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles.
E, se Deus assim veste a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé?
Não pergunteis, pois, que haveis de comer, ou que haveis de beber, e não andeis inquietos.
Porque as nações do mundo buscam todas essas coisas; mas vosso Pai sabe que precisais delas.
Buscai antes o reino de Deus, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

sexta-feira, 8 de março de 2013

O Servo Que Não Pedoou



“O homem sentindo a culpa e o peso de seus pecados recorre a Deus em busca do perdão, reconhecendo Ele sua busca o perdoa. Momentos mais tarde esse mesmo homem encontra-se com seu semelhante e por algum motivo o acusa de tê-lo ofendido e nega-lhe o perdão, dizendo estar muito magoado.”

Vivemos pedindo perdão a Deus, mas nos endurecemos quando somos injustiçados por outras pessoas. Esquecemos-nos do quanto somos falhos, apontando os erros dos outros.

(leia) MATEUS 18.23-34 

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

A Tentação de Jesus



E, chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães. Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.

1 - Jesus provou com isso que não precisamos de nada desse mundo, apenas de Deus que é a fonte de todas as coisas.


Então o diabo o transportou à cidade santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordens a teu respeito, E tomar-te-ão nas mãos, Para que nunca tropeces em alguma pedra. Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus.

2 – Jesus mostrou que não temos que usar os nossos beneficio em Deus para alimentarmos nosso ego roubando Sua glória.


Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles. E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. Então o diabo o deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o serviam.

3 –  Nessa última tentação de Jesus aprendemos que nem todos os reinos ou poderes desse mundo vale a pena diante do propósito de Deus a ser desenvolvido em nossas vidas, servir e adorar a Deus é o que devemos fazer.

Mateus 4.3-11

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013


"Sem lenha, o fogo se apagará; e não havendo intrigante, cessará a contenda." (Proverbios 26.20)

Não aceite provocações, não alimente a fofoca. A maldade assim se tornará tormento para quem a produziu.



quarta-feira, 22 de junho de 2011

Respeite o ciclo da vida‏

"Para tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu. "
Eclesiastes 3.1

O ser humano moderno se acostumou a desrespeitar os ciclos naturais da vida e a usar a inteligência dada por Deus para recriar uma atmosfera artificial que promova um crescimento acelerado para tudo.
Com isso, muitos cristãos não aceitam mais viver os ciclos de plantação, germinação, crescimento, fortalecimento e reprodução planejados pelo nosso criador em suas vidas. Querem crescer rápido, se expandir logo e conquistar tudo em pouco tempo.
Na agricultura, o uso de aditivos químicos para o desenvolvimento acelerado e a maturação das frutas, verduras, legumes e cereais, tira a vitalidade desses alimentos, e consequentemente a função primordial deles em nosso organismo.
Há tempo de nascer e de morrer, de se esforçar e de descansar, de sofrer e de curtir, de falar e de se calar, de orar e de testemunhar. Estes ciclos naturais se aplicam a todas as áreas da nossa vida: física, espiritual, escolar, profissional, ministerial, entre outras.
Que sejamos todos como a árvore plantada junto ao rio, que no devido tempo dá o seu fruto, cheio de força vital. Se tivermos nossas raízes plantadas na fonte de águas vivas, que é Jesus, tudo o que fizermos será bem sucedido.

Tsuli Narimatsu
Gestora de Comunicação da Portas Abertas Brasil

segunda-feira, 21 de março de 2011

7 Passos para a Benção


1.  Ser obediente – Obedecer ao chamado de Deus e não ter medo quando Ele apontar um caminho a ser seguido.
2.  Ter conhecimento – Saber qual é a vontade de Deus, conhecer a Palavra de Deus e saber quais são Suas promessas.
3.  Visualizar – Criar uma imagem mental e crer que ela será possível de se concretizar.
4.  Viver o perdão – Resolver todas as desavenças e ter um coração limpo diante de Deus, não nutrindo raízes de amargura.
5.  Ser persistente – Deus não se esquece do que promete, portanto, a espera não pode matar a esperança.
6.  Semear – Quem deseja ser abençoado deve ser bênção na vida das outras pessoas.
7.  Louvar – Na boca de uma pessoa abençoada há gratidão e louvor a Deus.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Ele Escolheu os Cravos


O que levaria um Pai
A entregar e dar a vida
Do seu próprio filho?
O que levaria um filho
A obedecer seu Pai
Se entregando a morte?
Mesmo sendo Deus se doou
Da cruz não fugiu
Ele me amou de tal maneira
Que escolheu os cravos.
A mão que segurou o martelo
Era a mão de Deus
Os cravos que feriram seu corpo
Eram meus e seus.

Composição: Fernanda Brum, Emerson Pinheiro e Livinston Farias

domingo, 20 de junho de 2010

Quem são os bem-aventurados?


Mateus 5.1-11 E JESUS, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos; E, abrindo a sua boca, os ensinava, dizendo: Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;  Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados; Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;  Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos; Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;  Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus; Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;  Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Clame a Deus na Angústia


Salmo 102.1-2 “Ouve, Senhor, a minha súplica e cheguem a ti os meus clamores. Não me ocultes o rosto no dia da minha angústia; inclina-me os ouvidos no dia em que eu clamar e dá-te pressa em acudir-me”. Esse trecho exemplifica um momento de angústia do salmista, mas também um instante de esperança em Deus.

Todos temos os nossos dias de angústia, aqueles em que uma má notícia bate à porta, em que o telefone toca com palavras que não queríamos escutar, os dias em que a vida parece nos estar pregando uma peça. Há outras angústias, também, as que ocorrem quando nos sentimos incompreendidos e desvalorizados. É comum, por exemplo, que as pessoas em quem mais confiamos sejam as que mais nos machucam. Esses momentos certamente roubam a nossa alegria, deixando-nos abatidos, com um peso sobre as costas que, por vezes, chegam mesmo a impedir a nossa caminhada.

Nesses momentos precisamos ser acudidos por Deus, precisamos ver a sua graça se manifestar a ponto de transformar o nosso estado de espírito, de modo a que a esperança brote novamente no nosso coração. Mas é preciso clamar. É necessário uma atitude semelhante à do salmista, de súplica diante do Altíssimo e exposição, sem restrições, de tudo o que nos perturba e deve ser mudado.

Afinal, as angústias não podem durar para sempre e poderão ter uma vida ainda mais curta se atentarmos para o que a Bíblia ensina. Quando clamamos, voltamo-nos para Deus, entendemos o quanto somos importantes e amados e, naturalmente, começamos a ter uma ótica diferenciada, começamos a nos enxergar como Deus nos enxerga e dar a nós mesmos o valor que Ele nos dá.

Deus nos ensina a considerarmos a nós mesmos como seus filhos, como pessoas especiais, cheias de dons e talentos, o que talvez não conseguíssemos quando na dependência do reconhecimento humano. Pense, então, que o seu clamor vai produzir aquilo de que realmente necessita, a palavra do céu, que lhe trará a verdadeira alegria. Ela certamente vai transformar o seu viver.

Ap. Rina

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Portas Poderosas de Deus

Quando Deus põe Seu plano em prática nada nem ninguém pode impedir que sejamos abençoados. Lutas e tribulações até podem surgir, mas se estivermos firmes e convicto na promessa entraremos pela porta excelente que o Senhor nos abriu.

Apocalipse 3.7-8
E ao anjo da igreja que está em Filadélfia escreve: Isto diz o que é santo, o que é verdadeiro, o que tem a chave de Davi; o que abre, e ninguém fecha; e fecha, e ninguém abre: Conheço as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome.

domingo, 24 de janeiro de 2010

O Tempo Perdido



Quando estamos no centro da vontade de Deus tudo vai bem. As portas se abrem, andamos em vitória, somos honrados, enfim, vivemos dias abençoados. Não menosprezando as adversidades e provações que fazem parte do propósito de Deus em nossa caminhada, mas até isso passa a ser bem compreendido e encarado.

O problema é quando nos esquecemos desses princípios e “deixamos a vida nos levar”, aí então começa o problema. A carnalidade toma o espaço que outrora era ocupado pela fé, sem nos apercebermos passamos a ser racionais procurando explicações humanas e naturais para situações de origem espiritual. Aceitamos coisas que achávamos absurdas e nosso coração vai se cauterizando. Diante das lutas e dificuldades com uma postura carnal colhemos frutos muitas vezes amargos e isso se torna um circulo vicioso.

É desagradável olhar para trás e lembrar das “burradas” que cometemos e pensar que aquele tempo foi desperdiçado, pois poderíamos tê-lo aproveitado melhor tomando atitudes sábias que nos teriam colocado em vitória.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Na cara do diabo!


Um ateu morava ao lado de uma viúva cristã, pobre e idosa. Diariamente, a mulher saía à varanda e , em alta voz, louvava o Onipotente pelas provisões em sua vida.

O incrédulo testemunhou essa cena tantas vezes, que ele, furioso disse a si mesmo: “Não suporto mais. Vou provar a ela que Deus não existe”.

Certa manhã, ele correu ao supermercado e comprou duas sacolas cheias de alimentos. Depois de colocá-las na varanda, escondeu-se.

Quando a mulher abriu a porta, viu os alimentos e começou a gritar e louvar a Deus.
O ateu apareceu e gritou a ela: “Veja, Deus não existe. Fui eu que comprei essas sacolas de alimento!”.

Ela parou por um momento, depois continuou a adorar ao Senhor. O homem ficou perplexo quando ela olhou para o Céu e disse: “Pai, eu Te louvo o Te agradeço por fazer o diabo comprar essa comida para mim!”.

A mulher conhecia a Fonte de sua provisão e como possuir aquilo que Deus havia proporcionado. Ela também sabia como esfregar isso na cara do diabo!

autor desconhecido

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

O verdadeiro tesouro


Como seria bom encontrar um tesouro escondido cheio de riquezas, segredos e mistérios.

Quem não gostaria de ter em sua vida abundância de riquezas e uma vida feliz?

Deus se preocupou com isso a mais de dois mil anos atrás enviando seu único filho para morrer na cruz, trazendo através do seu corpo e sangue ali entregues, perdão, cura, prosperidade, libertação e quebrou todas as barreiras que existiam entre o homem pecador e Deus Pai.

Quer achar o tesouro?

O mapa é a bíblia.

Quer abri-lo?

Abra o seu coração e aceite a Jesus como seu Senhor e Salvador.

Quer de verdade?

Então tem que pedir perdão pelos seus pecados.

E as riquezas?

O mapa serve como manual também, ali você encontra respostas e caminhos através de exemplos, parábolas e conselhos que com certeza te levarão a uma vida abundante em toda a sorte de riquezas físicas e espirituais.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Por que provações e dificuldades?


Pode ser que você esteja muito perto de descobrir seu destino, e o inimigo está tentando desesperadamente impedi-lo.

Satanás sabe que, se cumprirmos a visão de Deus para a nossa vida, o propósito Dele será realizado, e o reino das trevas sofrerá tremendamente. Então, “ele faz hora extra”, enviando dardos inflamados (tentações e provas) em nosso caminho para nos desanimar. Ele percebe que andamos na direção certa e estamos a um passo de alcançarmos nosso objetivo.

Rick Thomas

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

O significado do batismo


Os que crêem em Jesus Cristo e O confessam como seu Salvador pessoal seguem o seu exemplo ao serem batizados nas águas.

É um sinal exterior de uma obra interior, um testemunho público que simboliza o fato que, assim como Cristo morreu na cruz, assim também agora nos consideramos mortos para o pecado.

Assim como Cristo foi sepultado, assim também fomos sepultados com Ele pelo batismo.

Assim como Cristo ressuscitou dentre os mortos, assim também nós fomos ressuscitados das águas com a Sua nova vida dentro de nós

Atos 2.38 “Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo” .

T.L.Osborn

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

A importância da bíblia


“Aceite pela razão de tudo quanto você puder da bíblia, aceite pela fé todo o restante, e você viverá e morrerá uma pessoa melhor. É o melhor livro que Deus deu à humanidade”.

Abraham Lincoln


“A bíblia é mais do que um livro; é um ser vivo dotado de atuação e poder que invade a tudo quanto se opõem à sua divulgação”.

Napoleão Bonaparte


Quem se privou da bíblia privou-se do melhor bem que existe no mundo”.

Woodrow Wilson